Daily News – Rotação, Reflation e Inflação.

Os ativos de risco seguem mostrando sinais de consolidação, mas com o tema de rotação do portfólio para ativos e setores mais cíclicos e uma tese de “reflation” cada dia mais claros. Isso fica evidente quando olhamos o desempenho de alguns setores da bolsa dos EUA, por exemplo.

 

Neste ano, vemos um bom desempenho de Small-Caps, Valor, Financials e do S&P “Equal Weight” em detrimento a Nasdaq. Continuo vendo amplo espaço para a continuidade destes movimentos, mesmo que não lineares, e a depender da manutenção do cenário de normalização do mundo:


No Brasil, o destaque ontem ficou para o IPCA de dezembro. O número superou as expectativas do mercado, mostrou uma inflação mais disseminada, através de núcleos mais elevados e um índice de difusão alto:





O número divulgado ontem deve colocar o BCB em um passo adicional de alerta e pode levá-lo a um processo de alta da taxa Selic antes do que o previsto. Quanto antes este movimento começar, menor terá que ser o movimento de ajuste.

 

Reforço que não vejo, ainda, um sinal de descontrole inflacionário. Estamos vindo de uma base muito baixa e a inflação ainda se mostra controlada. Muito da alta pode ser explicada por questões pontuais e localizadas, que tenderão a se dissipar ao longo do ano.

 

Contudo, é razoável pecar pelo conservadorismo diante dos sinais recentes, cada vez mais claros, de aceleração, mesmo que gradual e ordenada, da inflação.

 

Na Europa, a produção industrial da Itália e novembro apresentou queda de 1,4%, muito abaixo das expectativas. O número reflete os “lockdowns” no país. O mercado já embute um efeito negativo de curto-prazo, que deveria ser superado com as vacinas e a normalização da economia ao longo de 2021:


 

Ainda na Europa, os ativos “Investment Grade” atingiram níveis baixíssimos de taxas e spreads. Não vejo, ainda, “trigger” para uma mudança de tendência, mas tampouco vejo este mercado global de crédito como atrativo. Fico crescentemente preocupado com esses níveis de taxas e a posição técnica deste mercado:



Enquanto a liquidez no mundo estiver abundante e não houver uma inflação estrutural, essa dinâmica deve continuar. Uma pequena mudança neste pano de fundo, todavia, pode trazer efeitos rápidos e acentuados sobre este mercado.

 

*As análises e opiniões são pessoais e não representam, necessariamente, uma visão institucional.

Dan H. Kawa

CIO TAG Investimentos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Daily News – Novo Desafios.

Para onde vamos?

Daily News – Deterioração Técnica.