Postagens

Daily News – Not Out Of The Woods Yet

Imagem
Depois de uma semana de forte pressão nas bolsas norte americanas, estamos observando alguma recuperação essa manhã. Os indicadores técnicos de curto-prazo indicam um excesso de pessimismo, o que poderia levar a um “rebote” pontual. Contudo, ainda vejo claros sinais de fragilidade e fundamentos que indicam a necessidade de uma postura de cautela a médio-prazo.   Comentei sobre o pano de fundo americano aqui: https://twitter.com/DanKawa2/status/1484628364551987202?s=20 ,   E falei sobre o bom desempenho da bolsa do Brasil aqui: https://twitter.com/DanKawa2/status/1484630662825005062?s=20 .   Na Europa, o Flash PMI de janeiro caiu e 53,3 para 52,4 pontos. Toda a queda é atribuída ao setor de Serviços, em muito puxada pela situação da pandemia na região. O setor manufatureiro apresentou alta relevante no mês:   Há sinais, mas ainda incipientes, de melhora na cadeia produtiva e menos pressão de preços. Contudo, o patamar ainda é elevado e merece atenção das autoridades mone

Daily News – Mantenho Cautela, mas teremos vol (para cima e para baixo)

Imagem
As bolsas globais (ex Brasil e China, que foram os “patinhos feios” de 2021) seguem bastante pressionadas, com destaque para os mercados americanos e os setores de “growth” e “tech”. A grande verdade, é que não há nenhuma novidade relevante no cenário, além de tudo que tenho descrito neste fórum nas últimas 6 a 8 semanas.   Discorre mais a fundo sobre estes temas aqui: https://www.youtube.com/watch?v=f-ogW02chfo&t=31s .   Resumidamente, porém, temos: Uma inflação mais alta no mundo (em especial, nos EUA) levando a um processo de normalização monetárias (leia-se retirada de liquidez) que vem afetando o humor o fluxo para os ativos de risco.   O movimento é mais intenso nos EUA, que acabou sendo o mais favorecido pela política monetária do Fed em 2020/2021 e agora, com as perspectivas de mudança de cenário e redução de liquidez, acaba sendo um dos mais afetados.   Interessante notar que ações/empresas tidas como “vencedoras” na pandemia, começam a enfretar a realidad

Mercados Globais (Daily News) – Volatilidade

Imagem
A noite foi de bastante volatilidade para os ativos de risco, mas com a dinâmica do mercado permanecendo a mesma. A abertura de taxa de juros nos EUA segue ditando a tônica dos mercados financeiros globais:   A taxa de juros de 10 anos da Alemanha está positiva pela primeira vez desde começo de 2020:   Um dos maiores ETF de Crédito HY nos EUA apresentou o maior fluxo de saída de recursos ontem desde março de 2020, em um sinal de desconforto dos investidores com a abertura de taxa de juros. Sigo, já há algum tempo, vendo um risco/retorno ruim nesta classe de ativo:   Na China, sigo receoso com a nova onda da pandemia, com a Omicron sendo um risco real e crescente. Além disso, o elevado vencimento de dívidas das empresas do setor imobiliário é um “vento contrário” à economia chinesa ao longo deste ano:   Segundo pesquisa da Merrill Lynch, uma das mais completas e respeitadas do mercado, a alocação dos fundos ao setor de Tech é a menor desde 2008!   O “drawdown” da Nas

Daily News – Risk-Off

Imagem
A tônica do mercado continua a ser de abertura de taxa de juros e pressão negativa nas bolsas. Este é o principal tema que continuará a ditar a dinâmica do mercado nas próximas semanas.   Para quem ainda não teve oportunidade, segue aqui uma explanação mais detalhada de como estou vendo o cenário para este começo de ano, assim como minha visão sobre alocação: https://www.youtube.com/watch?v=f-ogW02chfo&t=31s .   A situação na China também demanda cautela. Agora, empresas do ramo imobiliário, vistas até pouco tempo atrás como saudáveis, começam a apresentar problemas, como é o caso da Country Garden, a maior do setor. Outras menores estão indo na mesma direção: https://twitter.com/DanKawa2/status/1483092748152438786?s=20 .   No Brasil, destaque para a nova rodada de pressão por gastos públicos, assim como rumores de insatisfação do Presidente com o Ministro da Economia.   No que tange o crescimento, a despeito da boa bateria de dados de novembro, a realidade que se i

Daily News – China em Foco

Imagem
Em um começo de semana de feriado nos EUA, o destaque fica para a China. O país anunciou um corte nas suas principais taxas de juros em 10bps, em um movimento, em parte, esperado, diante dos sinais de desaceleração da atividade econômica.   Os números de crescimento de dezembro ficaram acima das expectativas, com alta de 4% YoY do PIB, que fechou o não com crescimento de 8,1%. A despeito de dados mais positivos em dezembro, a nova onda da pandemia no país é um risco que precisa ser administrado. Por isso, a postura proativa no corte das taxas de juros.   As vendas no varejo cresceram 1,7% YoY, contra expectativas de 3,8% YoY; a produção industrial subiu 4,3% YoY versus expectativas de 3,7% YoY; e o FIA com alta de 4,9% YoY contra um esperado de 4,8% YoY.   A situação no mercado imobiliário ainda merece atenção e está longe de ser totalmente endereçada. Veja o preço de alguns bonds de empresas do setor:   Em linhas gerais, ainda espero um crescimento estruturalmente mais

Daily News – Desafios Continuam

Imagem
Depois de um começo de semana de recuperação dos ativos de risco (comentado aqui: https://mercadosglobais.blogspot.com/2022/01/daily-news-relief-rally.html ), os mercados voltaram a reagir negativamente aos desenvolvimentos do cenário.   Minha leitura do mercado segue a mesma: Podemos estar diante de uma mudança relevante de regime monetária. Neste cenário, inflação mais elevada, prescrevem juros mais altos que, consequentemente, afetam ativos mais dependentes de liquidez   Ontem foi mais um dia de pressão em tech e em ações de margens apertadas, múltiplos elevados e/ou lucro baixo (ou nulo). Como tenho escrito, leva tempo (meses, e não dias) para o mercado ir se ajustando a nova realidade.   A moeda da China (CNY) atingiu seu nível mais apreciado em relação ao dólar em muito tempo:   Na Alemanha, o PIB de 2021 apresentou alta de 2,7% YoY, dentro das expectativas, porém muito abaixo do crescimento de seus vizinhos europeus:   No Brasil, ontem, o indicador de serviço

Daily News – Relief Rally

Imagem
Nos últimos dias vimos uma recuperação dos ativos de risco, com alta das bolsas, dólar fraco, commodities em alta e alguma estabilização das taxas de juros nos EUA.   Acredito que ainda seja cedo para “cantar vitória”. Espero que o ano seja permeado de períodos de pressão negativa e receio com a retirada de liquidez por parte do Fed, que serão intercalados por momentos de recuperação e descompressão.   Ainda vejo o cenário bastante desafiador. O Fed vem elevando cada vez mais o tom em relação a necessidade de ajuste de sua política monetária. Analisando a história, fica claro que o mercado, na maior parte das vezes, leva tempo (meses) para se ajustar a uma nova realidade.   A inflação americana divulgada ontem em nada mudou este cenário: https://twitter.com/DanKawa2/status/1481261731334742016?s=20 .   Os ativos no Brasil têm se beneficiado deste movimento global de descompressão. Há alguns sinais de que a alta de juros começa a trazer algum suporte ao mercado de câmbio